Home office e saúde emocional - Naturallis
home office e saúde emocional

Home office e saúde emocional

Para muitas pessoas, o home office é a única alternativa. E se adaptar á uma nova rotina de trabalho em casa tem sido um desafio, e maior ainda é equilibrar home office e saúde emocional.

Há vantagens e desvantagens significativas em trabalhar fora do escritório, particularmente no que tange à sua saúde mental.

Tirar um pouco das pressões que você tem que lidar ao ir todos os dias para o escritório pode ser uma vantagem e tanto. Assim como a flexibilidade e a independência podem ser maravilhosamente libertadoras para algumas pessoas.

Não apenas você tem menos regras para seguir, mas você também tem maior autonomia sobre seu tempo. E esse pode ser o maior vilão do home office. Muitas pessoas nunca passaram por essa experiência e estão vivenciando agora, mas como separar trabalho do restante das coisas que acontecem durante o dia dentro da casa?

Trabalhar de casa pode colocar a saúde mental em risco, devido ao sentimento de solidão ou isolamento. Uma porcentagem de pessoas que já trabalham em casa, admitiram em um estudo, que se sentem solitários e acreditam que essa condição os deixa isolados. O trabalho remoto pode agravar os problemas de saúde mental, a menos que você invista no desenvolvimento de uma rotina saudável.

Afinal como equilibrar o home office e saúde emocional nesse momento?

Algumas dicas podem te ajudar nesse período:

      1. Separe a vida profissional da pessoal mesmo em casa

Estabeleça um cômodo da casa como o seu escritório. Coloque lá tudo o que você precisa para realizar o trabalho apropriadamente. Procure um ambiente confortável, bem iluminado e arejado onde você se sinta bem. Um local de trabalho minimamente organizado facilita sua vida e aumenta sua produtividade.

Além do sentimento de solidão, trabalhar de casa pode causar dificuldades em estabelecer limites. Resolver problemas pessoais durante o horário de trabalho está fora de questão. Você e as pessoas da sua casa têm de entender que você está em casa, mas está trabalhando.

      2. Estabeleça uma carga horária de trabalho e cumpra-a à risca

Manter um rotina de horário, além de ajudar na organização do seu tempo, facilitará posteriormente a volta ao ambiente de trabalho. Muitos que trabalham em casa, fazem seu próprio horário. E muitas vezes se perdem um pouco e acabam indo além, fazendo tarefas em horários que deveriam estar descansando por exemplo.

Ter horário para terminar a jornada de trabalho é fundamental. Ao trocar o dia pela noite por exemplo, apesar de parecer ser produtivo, isso confunde seu organismo.

Um conjunto de circuito de neurotransmissores ativa o córtex cerebral e nos mantém em vigília e atenção durante o dia. Entre eles, dopamina, noradrenalina, acetilcolina e serotonina. Eles são importantes para manter a atenção no que está sendo executado, a memorizar mais informações e manter a concentração.

Durante o sono, eles reduzem suas atividades, o que não ocorre ao ficar sem dormir direito. Resultando em um maior consumo dessas substâncias e provocando uma hipofuncionalidade. Na prática, há diminuição da atenção e concentração.

Ao dormir, o cérebro também sofre um processo de “limpeza”. Derivados do metabolismo neuronal passam para as meninges e formam o fluído cérebro-espinhal. Durante a privação do sono, isso não ocorre, causando diversas consequências a longo prazo.

      3. Mantenha interações com seus colegas de trabalho

Estabeleça interações com quem quer que seja que você trabalhe. Seu chefe, colegas, clientes ou fornecedores. Além de diminuir a sensação de solidão, para algumas pessoas o feedback e o círculo de pessoas que convivem no escritório é essencial para o desenvolvimento do trabalho. Manter isso ativo ajuda a sua saúde emocional.

      4. Faça um planejamento da sua rotina

Tenha uma lista exequível de tarefas a ser realizadas durante o dia e obrigue-se a cumpri-la. Você também pode experimentar aumento de ansiedade ou de estresse, já que trabalhar remotamente cria uma pressão único de ter que parecer ocupado. Pessoas que trabalham de casa talvez tenham um sentimento de culpa pela forma como se organizam. Essa culpa, em conjunto com a ansiedade que vem de se provar constantemente, pode fazer com que trabalhadores remotos questionem seu valor.

      5. Tenha horários de pausa para poder manter a atenção

De vez em quando você precisa se levantar para ir ao banheiro, beber uma água, pegar um café. Faça pausas. Quando você fica muito tempo sem um descanso seu cérebro pode buscar uma rota de fuga e se desviar para a atenção errada. Um desvio e ele pode sofrer com o excesso de informações. Evite cair na cilada das redes sociais ou ficar o dia todo escutando notícias, isso pode causar mais ansiedade.

Lembre-se de não se cobrar tanto de você mesmo, tudo é novidade, a adaptação nem sempre é fácil e todos estão passando por um momento de transição. Você não precisa produzir mais que fazia antes só para provar que está trabalhando corretamente. Home office e saúde emocional precisam estar em equilíbrio, inclusive existem suplementos com compostos indicados para aumentar o raciocínio e a combater o esgotamento físico e mental, melhorando assim a capacidade do cérebro de armazenar informações ajudando você organizar sua mente.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *