Colesterol: o que é e como controlá-lo | Naturallis Saúde
Bergavit

Colesterol: o que é e como controlá-lo

Você sabia que o colesterol, em si, não é um vilão? Na verdade, o nosso corpo precisa dele para… para existir! É isso mesmo: o colesterol ajuda a formar as nossas células. Mas, calma… nem tudo são mar de rosas. Isso porque existem tipos diferentes de colesterol. E um deles, o LDL, quando elevado, pode parar na parede das artérias e causar sérios problemas, já que pode entupi-las.

O colesterol LDL e o HDL

O colesterol é um tipo de gordura que o nosso corpo é capaz de produzir. Isso acontece principalmente as células do cérebro, dos nervos, dos músculos, da pele, do fígado, dos intestinos e do coração. Além disso, usamos esse nutriente para produzir hormônios, como a vitamina D, por exemplo.

Então, para chegar aonde é necessário no corpo, ele se liga a outras moléculas, formando lipoproteínas. É assim que ele circula no sangue. Essas moléculas, por sua vez, podem ser:

  • de alta densidade, cuja sigla do inglês é HDL – esse também é conhecido como colesterol bom, pois protege o corpo de doenças do coração;
  • de baixa densidade, cuja sigla do inglês é LDL – esse é o famoso colesterol ruim, que pode causar infarto e AVC.

O que causa o “colesterol alto”

Como vimos, nosso corpo produz o colesterol que precisa. Então, não precisamos obtê-lo de outras fontes. Ou seja, quando se come derivados de animais, que, por sua vez, também têm colesterol, essa gordura pode ficar em excesso no corpo. Além disso, a quantidade de LDL no corpo depende da capacidade do fígado de retirar o seu excesso das células. E isso depende tanto de fatores genéticos quanto da quantidade de HDL que temos no corpo.

Ou seja, para algumas pessoas, mesmo que sejam magras, o nível de colesterol vai demandar um tratamento contínuo. Enquanto, para outras, basta ficar atento a um estilo de vida saudável, já que dormir bem, praticar exercícios e se alimentar bem ajudam o corpo a funcionar melhor. E isso inclui regular os níveis de cada substância no corpo.

Fatores de risco

Além dos fatores genéticos, alguns outros aumentam a chance de elevar o LDL e de causar problemas no coração, tais como:

  • a obesidade;
  • a diabetes;
  • a hipertensão;
  • o tabagismo;
  • o sedentarismo;
  • o estresse.

Como controlar o colesterol ruim

É importante saber que o colesterol bom, dentre outras coisas, ajuda a controlar o ruim. Logo, comer alimentos que ajudem o corpo a produzir HDL é sempre uma boa pedida. Dentre esses alimentos do bem, podemos citar:

  • o azeite extravirgem;
  • o abacate;
  • a aveia;
  • o arroz integral;
  • os legumes, as frutas e as verduras em geral;
  • alimentos ricos em flavonoides.

E por falar em flavonoides, existe um extrato do suco de bergamota, o Bergavit, com altos teores dessas substâncias. Por isso, ele é eficaz para controlar o nível de gordura no sangue.

Além de tudo isso, é importante lembrar de evitar os fatores de risco, sempre que possível.

Todas essas medidas são fundamentais. Mas, para quem já tem propensão genética, às vezes não bastam. Assim, em alguns casos, é preciso fazer um tratamento médico contínuo.

Por fim, o colesterol pode ir aumentando sem apresentar sintomas. Portanto, mantenha seus exames médicos em dia e cuide bem da sua saúde.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *