Magnésio Dimalato e seus múltiplos benefícios - Naturallis
magnesio dimalato

Magnésio Dimalato e seus múltiplos benefícios

O Magnésio Dimalato é uma combinação do magnésio com o ácido málico. Mas não se trata de qualquer combinação. Estudos mostram que esse é o melhor composto de magnésio para tratar a dor muscular e a fadiga.

O primeiro é um mineral essencial para o nosso corpo. Isso porque tanto a síntese de proteínas quanto o transporte de energia dependem dele. Além disso, ele participa de mais de 300 reações no corpo. Com tantas funções, e depois de muitos estudos, vemos que o magnésio previne muito problemas. Dentre eles: convulsões, arritmia cardíaca e depressão. Tem, também, grande importância para as funções do cérebro.

O segundo, por outro lado, participa do processo de respiração das células. Ou seja, ele é um dos responsáveis por fornecer energia a elas. Por isso, ajuda a aumentar o tempo exercício antes da fadiga. Não bastasse isso, também ajuda na formação de aminoácidos – os tijolinhos que compõem as proteínas.

Funções e benefícios do Magnésio

Em meio a tantos benefícios, podemos citar:

  • melhora o desempenho físico, porque é importante para o músculo contrair;
  • previne a osteoporose, pois ajuda a produzir hormônios que ajudam na formação dos ossos;
  • ajuda a controlar a diabetes, porque atua no transporte do açúcar;
  • diminui o risco de doenças do coração, pois pode diminuir o acúmulo de gordura na parede das artérias;
  • é importante na gestação para evitar as contrações do útero antes da hora;
  • ajuda a transformar os alimentos em energia.
  • previne AVC e ataque do coração em pessoas que suplementam cálcio. Isso porque impede que o cálcio se acumule nas artérias, ajudando o corpo a usá-lo da melhor forma;

Funções e benefícios do Ácido Málico

Ele é bem importante no tratamento de algumas síndromes. Mais especificamente, nos casos em que as pessoas sofrem com baixa de energia e dor nas articulações e músculos. Além disso, ajuda a:
  • melhorar a força do músculo, o desempenho e a recuperação após o exercício;
  • restaurar a energia de forma rápida para o corpo;
  • promover a agilidade mental;
  • melhorar o fluxo de sangue até o músculo do coração;
  • diminuir o risco de danos no fígado e da doença de Alzheimer. Isso porque reduz o acúmulo de metais pesados no corpo, como o alumínio ou o chumbo.

Fontes naturais de Magnésio Dimalato

Esse nutriente pode ser obtido pela dieta, pois o encontramos em vários alimentos. Alguns deles são:

  • os cereais integrais;
  • os legumes;
  • as verduras de folhas verde escuras;
  • o chocolate;
  • as nozes, principalmente a castanha do pará.

Por outro lado, as maçãs são as mais ricas fontes de ácido málico. Mas também podemos encontrá-lo em outras frutas e legumes, além do nosso próprio corpo produzi-lo em grandes quantidades.

Quando suplementar com Magnésio Dimalato

Acabamos de ver que há muitas fontes possíveis desses nutrientes. No entanto, pode acontecer desses alimentos não fornecerem uma quantidade suficiente desses minerais. Isso acontece porque sua presença num dado vegetal, por exemplo, depende da composição do solo.

Vejamos, por exemplo, os dados da OMS. Eles nos informam que a população do Brasil, em geral, tem carência em magnésio. E isso está ligado à formação geológica do país. Isto é, ele pobre em solo de origem vulcânica. Dessa forma, as plantas não absorvem tanto de alguns minerais. Simplesmente porque não há muito deles na terra.

Além disso, várias pessoas têm um consumo alto de processados. E isso faz com que faltem ainda mais alguns minerais na dieta.

Por fim, em meio a tantos benefícios, a suplementação com Magnésio Dilamato mostrou-se segura para a maioria das pessoas. De qualquer forma, é essencial prestar atenção aos sinais do corpo. Dessa forma, poderá decidir, junto com o seu médico, a melhor forma de cuidar da sua saúde.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.