Pele hidratada: nosso escudo protetor | Naturallis Saúde
pele hidratada

Pele hidratada: nosso escudo protetor

As vantagens de uma pele hidratada vão muito além da aparência sadia. Afinal de contas, há uma boa razão para ela ser o maior órgão do nosso corpo. Aliás, como vamos ver, há muitas razões para isso.

Logo de cara, vemos que ela cobre toda a parte externa do nosso corpo. Isso faz com que a parte de dentro fique mais protegida. Essa proteção, no entanto, só é efetiva quando a pele está bem hidratada.

Aspectos de uma pele bem hidratada

Antes de mais nada, o que significa ter a pele hidratada? Esse termo — hidratado — nos diz que algo contém água. A água, por sua vez, é muito importante para a renovação da pele. Sem ela, não tem como dissolver o material que une as células na superfície da pele. Isso faz com que a camada mais externa crie blocos de células, entre as quais se formam rachaduras.

Por isso, a falta de hidratação da pele é uma porta de entrada para micro-organismos!

Por outro lado, quando bem hidratada, a pele fica macia, flexível e elástica. Isso é um sinal de saúde da pele. E para que ela fique assim, não basta levar água até ela. Isso porque a hidratação da pele depende também de um outro fator: a capacidade de reter a água. Isso é possível graças à presença de lipídios na sua superfície, que impedem a perda de água.

Fatores que ressecam a pele

Como vimos, a pele tem componentes que ajudam a manter sua hidratação. Mas o frio, o vento e detergentes, por exemplo, removem esses componentes. É assim que a pele começa a ficar mais seca. Não bastasse isso, o próprio ressecamento da pele faz com que ela fique mais fraca e, então, sofra mais com o frio, o vento e o sol. Em outras palavras: pele seca gera mais pele seca!

Apesar de não ser exclusiva a uma ou outra pessoa, uma das principais causas da pele seca é o envelhecimento da pele. Além disso, alguns têm uma predisposição maior. Por isso, não podem se descuidar. Ainda mais quando sabemos que a pele tem funções tão importantes, tais como:

  • tato;
  • regulação da temperatura;
  • controle do fluxo do sangue;
  • proteção contra ameaças externas;
  • síntese de vitamina D.

Como cuidar do órgão que nos protege?

Para ajudar a manter a pele hidratada, podemos fazer uso de alguns cremes. Além de serem agradáveis de se aplicar na pele, os cremes têm outras vantagens. Uma delas é que ajudam a pele a recuperar os lipídeos que a protegem. Outra, é que podemos dissolver neles um princípio ativo que seja capaz de absorver a água do meio externo.

Uma dessas soluções é o creme de ureia. Esse creme, quando aplicado na pele, ajuda a restaurar as suas funções. Dessa forma, mantém sua maciez e seu brilho natural.

Além do mais, auxilia no tratamento de alguns problemas que vêm com a desidratação da pele, tais como:

  • irritação e coceira da pele;
  • perda de pigmentação;
  • inflamação da pele;

Portanto, a próxima vez que vir ou sentir a pele seca, lembre que isso não é só uma questão de aparência. E não deixe de cuidar desse órgão que tanto cuida de nós.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *